DT – CAPÍTULO 01: Dois Nascimentos (Parte 1)

Tradução: Pumpkin |   Revisão: Hell

Yeonwoo conseguia ler os pensamentos dos outros desde o momento em que ele nasceu.

O primeiro pensamento que ele leu pertencia a uma enfermeira.

“Um menino tão lindo e digno!”

[Ele é feio. É apenas cortesia comum dizer que ele é lindo.]

Como ele era um bebê, ele não entendia, então, não era nada demais.

Ambos, a jovem mãe e a criança, passaram a maior parte do tempo juntos.

“Yeonwoo. Venha e diga mamãe. Mamãe!”

Deitado no chão com a sua mãe e conversando feliz, esses foram os melhores momentos da sua vida.

“Na vida, existem muitas pessoas bonitas e boas no mundo. O mundo é grande e tem muitas coisas para ver. Yeonwoo, quando você puder andar, vamos viajar ao redor do mundo juntos. Tudo bem?”

O bebê podia ler os pensamentos dos vizinhos.

[Hmm, o cheiro do café, a hora mais feliz do dia. O café foi feito de forma perfeita.]

“Está delicioso?”

Mas nem sempre ele conseguia ler os pensamentos dos outros, a menos que ele se concentrasse.

“Coma pela mamãe. Coma muito para crescer forte e bonito.”

[Eu realmente não quero ir para a escola]

“Agora, levante-se.”

Essa era uma experiência que era nova para ele, sua mãe estava trocando suas fraldas.

[Uau. Só faz um mês…… mas as fraldas já custaram tanto dinheiro, parece que aumentou o custo de vida para ter um bebê.]

“Dinheiro? Custo de vida?”

Ao longo do tempo, ele aprendeu a entender o idioma que as pessoas falavam.

Mas, às vezes, é tão deprimente!

“O mundo é meio-bom e meio-ruim.”

Como uma criança, ele não conseguia entender o mundo muito bem.

Na mente de uma criança, esse era um pensamento muito difícil de compreender-se.

Ele comeu sua comida, foi levado para dormir, e, mesmo assim, os pensamentos continuavam constantemente!

Se ele se concentrasse, a área que ele conseguia ler a mente das pessoas estava limitada ao complexo do apartamento.

[O segredo desse mês….. minha esposa não perceberia, certo?]

[A casa do homem deveria ser por aqui. Se o pego, ele está morto.]

[Eu quero ir pescar. Eu quero is pescar. Eu quero ir pescar.]

[Eu quero comprar uma caixa de som. Huh, não é uma necessidade para pessoas que apreciam a vida sozinho. Vamos ver. Devo pagar adequadamente em 120 parcelas mensais?]

Compreender os pensamentos das pessoas fez com que ele se tornasse mais maduro do que os outros na sua idade.

Existiam muitos pensamentos sobre trabalhos, levando a uma atitude sombria sendo criada.

[Os homens são todos assim… Hmm… A inocência perfeita na vida não é útil.]

Os livros de histórias não são confiáveis, sem dúvidas não existe Papai Noel, era formidável para uma criança de seis anos perceber isso.

Quando ele começou a frequentar a creche, ele foi exposto aos pensamentos das outras crianças.

[Leite de morango…. Whoa, que sede.]

[É meu. Meus brinquedos!]

[Eu estou com sono….. sono…. sono….]

[Ehiiiiii!]

As crianças tinham pensamentos simples!

Yeonwoo estava parado pensando perto da janela.

Na vida, tinham tantas coisas que ele não podia fazer. No entanto, ao ler os pensamentos dos outros, ele se tornou mais maduro.

Quando em contato, os pensamentos podiam ser lidos com mais facilidades.

Se ele estivesse em contato, ele podia ler as memórias. A vida geral podia ser difícil, com as memórias de vida dos outros, a mente de Yeonwoo foi capaz de crescer rapidamente.