OG – CAPÍTULO 23

Tradução: Haze | Revisão: Deusa Afrodite

 

“Ei, velho! Você ainda não se decidiu? Você entregará esse prédio para nós? Você não vai ser capaz de comprar álcool todo dia até sua morte?”

Os homens que entraram na ferraria tinham uma aparência bruta e seus físicos eram bons. Eles me lembravam os empregados da Coração de Mãe é Feliz. Eles tinham uma atitude severa enquanto entregavam uma folha de papel ao ferreiro ancião.

‘O que é isso?’

Era um contrato para vender o prédio e as terras para a Companhia Mero. Eu percebi isso instintivamente.

‘Se eu analisar isso baseado nos meus sucessos e problemas recentes, é provável que eu seja envolvido em uma quest estúpida se eu ficar aqui.’

Isso absolutamente não poderia ser permitido acontecer. A coisa mais urgente agora era ganhar dinheiro fazendo itens.

‘Não há tempo a perder com quests indesejadas.’

Eu admirei o pensamento rápido do meu cérebro e me movi para evitar essa situação. Mas quantas coisas vezes alguma coisa saiu de acordo com a minha vontade? Eu só consegui me mover alguns passos antes de ser pego pelos gângsteres.

“Ei, de onde saiu esse novato? Você está tentando se esgueirar nos nossos negócios como um rato?”

Eles começaram a me questionar de uma maneira intimidante.

“Você veio roubar o conteúdo do nosso contrato? Você é um espião? A Companhia Skaner te enviou?”

Por que eu fui pego em meio ao conteúdo daquele pedaço de papel? Essa era realmente uma curiosidade inútil.

‘Eu deveria ter apenas ficado na traseira e evitado olhar para eles.’

Eu encolhi os ombros como se dissesse ‘Espião, eu? O que você está falando? Não é isso, então não se preocupe comigo. Eu só quero seguir meu caminho.’

Mas eles continuaram a agir como brutos.

Engole.

‘Droga.’

Minha saliva secou e gotas de suor se formaram em minha testa. Eu me lembrei dos meus dias de nível baixo em Satisfy.

Era por causa das minhas memórias temerosas de ser um carregador de pão, ou de ser ameaçado por NPCs trombadinhas nos becos? Ou talvez fosse porque eles lembravam os empregados da Coração de Mãe é Feliz Serviços Financeiros.

Eu me encolhi reflexivamente do grupo; eu não podia lidar com isso.

‘Eu deveria me comportar.’

NPCs violentos não temiam a lei. Era totalmente possível ser severamente machucado ou morto se eu ao menos tocasse esses caras. É claro, eu poderia reportar os NPCs para os guardas, mas os punhos deles estavam mais perto do que a lei estava. Podia ser possível se eu fosse mais forte ou rápido o suficiente para fugir desse prédio. No entanto, esse não seria o caso então era melhor evitar irritá-los.

‘Julgando por suas aparências e a atmosfera, eles não são valentões dos becos. Eles não apenas fumam cigarros e perturbam carregadores de pão.’

A Companhia Mero era a segunda maior companhia de negócios no Reino Eterno. Eles não dariam emprego a perdedores. Esses idiotas eram todos bandidos.

‘Baseado em seus equipamentos, eles são pelo menos nível 35.’

Bandidos acima do nível 35! Quantas pessoas eles machucaram e assustaram para subir de nível? Eu não conseguia imaginar todos os pecados que essas pessoas cometeram.

‘Há cinco deles… Em contraste, eu sou apenas nível 3. Mesmo que meus stats sejam superiores comparados àqueles do meu nível, eles ainda estão por volta do nível 20. Sem contar que eu estou sozinho também.’

Para fazer as coisas piorarem, eu estava desarmado. Eu iria apenas perder se eu entrasse numa luta com eles.

‘Sim, vou agir prudentemente e descartar meu orgulho.’

Assim que eu organizei meus pensamentos, eu sorri tão brilhantemente quanto era possível e expliquei, “Eu não estou aqui para espionar vocês. Eu sou apenas um cliente passando. Então vocês não têm de ser tão vigilantes. Heheh.”

Atuando subserviência para com NPCs! Eu não senti vergonha. A mão do homem segurando meu ombro afrouxou levemente.

“Cliente? Dessa ferraria?”

“Sim.”

“Hoh? Um cliente dessa ferraria…”

O aperto da mão do homem no meu ombro ficou forte novamente.

‘Ai, isso dói.’

Eu fiz uma carranca por causa da dor. Palavrões quase saltaram da minha boca, mas eu permaneci paciente. Ao invés de repreendê-lo, eu tentei ao máximo manter meu sorriso. Por quê? De outra forma, ele podia me bater! Havia um velho ditado que você não podia cuspir quando houvesse um sorriso no rosto da outra pessoa.

Os bandidos me olharam com suspeita.

“A rua operada pela Companhia Mero tem um grande número de lojas de armas, então por que você viria a uma ferraria assim? Não é estranho?”

“Pode haver muitas lojas de armas, mas essa é a única ferraria. Eu não quero comprar uma arma, mas ao invés disso, encontrar um ferreiro para trabalho relacionado à produção. Por isso, foi inevitável minha vinda aqui. Hehe, eu não tinha ideia que essa ferraria era problemática já que sou novo em Winston.”

Eu poderia estrear como um ator principal agora mesmo e seria o perfeito candidato para o Prêmio Novo Ator nas cerimônias de fim de ano. Minha aparência e tom eram subservientes. Eu continuei a sorrir e o bandido desconfiado me soltou.

“Eu por algum motivo quero te bater, mas você é um ferreiro também? Hmm, de fato. Você é tão fraco que você não pode ser um espião… Okay, suma daqui. Não pense em vir aqui de novo.”

Ele queria me bater? Eu parecia pobre e fraco? Esses escórias achavam que eles poderiam tirar sarro de mim só por causa da minha aparência? A fúria no meu coração fervia. No entanto, seja paciente.

“Hehe, obrigado por acreditar em mim. Estou indo agora.”

Eu fui capaz de manter o sorriso até o último minuto enquanto me dirigia rapidamente para fora da ferraria. Então a voz raivosa do velho ferreiro foi ouvida atrás de mim, “Sim… não há nada a ser ganho ao arrastar esse desenvolvimento sujo por tempo demais. É melhor evitar tais coisas. Eu estou muito cansado agora.”

Quando eu parei por um momento, o velho piscou seus olhos injetados de sangue. Isso era para impedir as lágrimas de cair.

“Me dê aquele contrato. Eu assinarei como você deseja.”

“Eh? V-Verdade?”

“Ohh! Bem pensado, Velho!”

“Levou muito tempo, mas você finalmente tomou uma decisão sábia.”

Os bandidos ficaram animados com as palavras do velho. Era como um festival. O que parecia ser o líder entregou o contrato para o velho.

“Tudo que você tem de fazer é assinar. Depois você pode relaxar.”

“……”

O velho olhou para o contrato e hesitou por um momento antes de esticar a mão trêmula em direção a ele. Nesse momento, lágrimas caíram dos olhos do velho. “Ahh! Esse é o fim do negócio de sete gerações da minha família! Eu não serei capaz de encarar meus ancestrais depois de morrer!”

A visão do velho triste e depressivo era insuportável. Mas os bandidos zombaram dele ao invés de o confortar.

“Você parou de trabalhar como ferreiro abruptamente, então não é natural que os clientes se afastem? E Velho, você não tinha um filho? Seu único filho morreu, então você se virou para as garrafas? Você não tem um sucessor, então uma vez que você morra, a sua linhagem será naturalmente cortada. Você estava defendendo algo que não tinha valor. Seus débitos apenas aumentaram, não foi? Patético, realmente patético.”

“Você! Não mencione meu filho com essa boca vulgar!”

“Por que diabos você é tão barulhento? Você quer ser repreendido como da última vez?”

O gângster chamado ‘Johnson’ ameaçou bater no velho. Eu fiquei com raiva quando eu vi Johnson.

‘Aquele não é um homem velho? Ele não apenas falou rudemente com o velho, mas ameaçou bater nele…’

Naquele momento, um gângster chamado ‘Um’ falou, “Veja, o contrato deve ser completado hoje.”

Então o bandido chamado ‘Praga’ se intrometeu como um potro empolgado, “Não, eu estou louco de raiva. Não tivemos que esperar alguns meses para ele aceitar enquanto se recusava? Pense sobre o quanto nós sofremos por causa dele!”

O bandido chamado ‘Neil’ continuou, “Eu concordo… Cacete, nós não conseguimos nem mesmo lidar adequadamente com um velho. Nós recebemos menos dinheiro na data programada por causa disso.”

Então o líder silencioso, ‘Veil’, sorriu friamente e disse, “É verdade, você deve nos compensar pelos danos que recebemos.”

Veil deu um tapa na bochecha do velho e disse, “Ei, Velho, quando você receber o dinheiro ao vender essa ferraria, metade dele será usado para pagar seu débito, enquanto a outra metade será dada a nós. Não é óbvio nos compensar pelos danos que você causou?”

“Seus cães bastardos!” O velho, Khan, raivosamente respondeu Veil.

“Ei, você não tem uma esposa ou filho para alimentar, então por que você precisa de uma grande quantia de dinheiro? Você deveria ajudar os jovens pobres, como eu.”

“……”

Meu interior fervilhava com raiva.

‘Eu não respeito muito os cidadãos mais velhos, mas…’

Quando eu usava o transporte público como ônibus ou metrô, eu nunca cedia meu assento para os mais velhos. Eu pagava os mesmo impostos, então eu também tinha o direito de desfrutar do assento! Não importa o quanto seus olhares eram pesados, eu não cedia.

‘Mas…’

Eu não insultava ou provocava os mais velhos, diferente desses bandidos. Eu estava realmente com raiva.

‘Filhotes maltratando avós e avôs assim… É terrível.’

Então? Eu deveria ajudar o velho, apesar do meu nível baixo?

NÃO~ NÃO~ Eu não tenho um senso de justiça. Por que eu deveria ajudar os outros? Eu não conseguia pensar em quaisquer benefícios. Na minha infância, eu tinha nojo de super heróis ao invés de admirá-los como todo mundo.

‘Por que eles estão se machucando tentando salvar os outros? Eles são loucos?’

Eu não conseguia entender os heróis que se sacrificavam para derrotar o vilão. Meu eu jovem se encolhia em vergonha alheia enquanto assistia seu sacrifício incondicional.

Então enquanto as crianças da vizinhança brincavam de heróis, eu atuava como o vilão. Quando eu me tornava o vilão, eu aproveitava o prazer que eu tinha de incomodar meus amigos que faziam o papel de heróis. Eu tinha o bom-senso de fingir morrer ao fim da brincadeira, querendo que as outras crianças não sentissem nenhum ressentimento.

‘Quando eu penso sobre isso, eu tenho sido assim desde a infância. Sim, desde o começo, eu fechei meus olhos para qualquer injustiça que eu visse.’

Então eu desviei o olhar do velho que estava sendo humilhado e prestes a perder o negócio que tem estado em sua família por sete gerações. Claro, alguns arrependimentos ficavam.

‘A situação ficou assim, então é impossível fazer itens nessa ferraria. Se eu quiser me mudar de vila, eu tenho de pagar por aquela carruagem fraudulentamente cara de novo? Eu realmente tenho que me mudar de vila de novo? Não, não há necessidade. Eu irei apenas caçar e aumentar meu nível até que o novo dono dessa ferraria comece a trabalhar.’

Espere?

‘Eu não preciso de equipamento para caçar? Maldição! Eu guardei minha espada e armadura no armazém. Meus 50 de prata!’

Meus níveis de estresse não eram brincadeira. Meu estômago doía quando eu pensava sobre todo o dinheiro que foi embora voando. ‘Por que minha vida era tão perversa? Uhh… Eu estou tendo uma dor de estômago. Eu deveria sair daqui o mais rápido possível.’

Mas estranhamente, meus pés não se moveram.

‘Aquele velho… Está tudo bem com isso?’

Ah! Sério! P*rra!

Talvez fosse porque eu testemunhei o trabalho sujo. Não importa o quanto eu sonhasse com uma vida que fosse longe de boa, eu ainda tinha os fundamentos básicos de um humano. Era demais para minha consciência ignorar o velho cercado de bandidos.

‘Não, porque me arriscar por alguém? Eu sou estúpido?’

Eu estava totalmente consciente de que eu deveria fazer vista grossa a isso. Então por que eu estava hesitando?

‘Quando eu me tornei intrometido? Esse comportamento não é o meu normal. Eu sempre fechei meus olhos para injustiças. ’

No momento em que eu me preparei para deixar a ferraria.

 

『Seus níveis de raiva estão no máximo depois de testemunhar bandidos cometendo delitos para com um ferreiro.』

『A quest ‘Fúria do Ferreiro’ foi criada.』