RMJI – CAPÍTULO 01: A VILA NA FLORESTA

Tradução: Butcher   |   Revisão: Derow

“Segundo Tolo” abriu seus olhos e olhou para o telhado de barro e palha sob sua cabeça. A colcha cobrindo seu corpo era de um amarelo profundo e tinha um cheiro de mofo. Era tão velha que sua cor original não poderia ser mais distinguida.

Ao seu lado estava seu segundo irmão, Han Zhu, que parecia estar em um sono profundo. Roncos intermitentes soavam enquanto ele dormia.

A dois metros da cama havia uma parede de terra que sofreu inúmeras rachaduras devido à passagem do tempo. Do outro lado da parede veio a voz ranzinza de sua mãe e a respiração profunda de seu pai que estava fumando seu cachimbo.

Segundo Tolo lentamente fechou seus olhos, tentando voltar a dormir. Ele sabia que se não dormisse agora, ele não seria capaz de acordar cedo no outro dia. Se ele acordar tarde, ele não seria capaz de ir para as montanhas com seus bons amigos pegar lenha.

O verdadeiro nome do segundo tolo era Han Li. Esse nome elegante não foi dado a ele por seus pais. Quando ele nasceu, seus pais ofereceram dois pães de milho para o Elder Zhang da vila em troca de dar ao recém-nascido Han Li um segundo nome.

(Nota: “Segundo Tolo” [er leng zi 二愣子] em Mandarim tem um som prazeroso apesar do significado)

Quando o Tio Zhang era jovem, ele foi a escola das crianças ricas na cidade. E ele era o único na vida que sabia como ler algumas palavras, mais da metade das crianças da vila foram nomeadas por ele.

Han Li era chamado de “segundo tolo” por aqueles na vila. Apesar de seu nome, ele não era estupido ou parecia tolo. Ao contrário, ele era na realidade a pessoa mais esperta na vila. Mas como as outras crianças, quando não estava em casa, ninguém o chamava por seu nome oficial “Han Li’. Ao invés disso, eles o chamavam por seu apelido “Segundo Tolo”.

A razão por ele ser chamado de “Segundo Tolo” era devido ao fato de haver alguém que já era chamado de “tolo” na vila.

Esse tipo de apelido não era nada. Havia crianças na vila chamadas de “cachorro” e “ovo bobo”. Esses nomes não eram nem um pouco prazerosos de ouvir como “Segundo Tolo”.

Por conta disso, Han Li sentiu um pouco de consolação mesmo não gostando muito de seu apelido.

Fisicamente, Han Li era bem ordinário. Ele era magro e batia com as descrições genéricas de uma criança nascida em uma comunidade de fazendeiros. Entretanto, no fundo de seu coração, ele havia jurado que um dia, ele seria capaz de sair de sua pequena vila para explorar as terras férteis das quais o Tio Zhang sempre falou.

Han Li nunca se atreveu a falar de seus sonhos para ninguém na vila pois eles ficaram profundamente chocados. Afinal, sair deste lugar era algo que os adultos não pensavam facilmente, quem dera uma criança pequena. Crianças na sua idade só sabiam como perseguir galinhas e cachorros de estimação. Eles nunca tiveram a estranha noção de sair da vila.

A família de Han Li era composta de sete membros, incluindo dois irmãos mais velhos, uma irmã mais velha e uma mais nova. Ele era o quarto mais velho em sua família e faria dez neste ano. Juntos, eles viviam uma vida dura, porém honesta. Raramente eles comiam carne ou peixe, mas toda a família estava contente em viver com os recursos que tinham.

Naquele momento, Han Li estava em torno de um estado de dormência e consciência. Enquanto ele lentamente caia no sono, havia apenas um pensamento em sua mente. Enquanto nas montanhas, Ele teve que escolher mais frutas vermelhas para a sua irmã mais nova, a quem ele mais amou!

Na manhã seguinte, à tarde, Han Li estava se defendendo do sol ardente sob sua cabeça em uma sombra feita por uma pilha de madeira em suas costas. Preso envolta de seu peito havia um saco cheio de frutas vermelhas que balançavam a cada passo que ele dava para casa. Ele não fazia ideia que naquele momento, havia um convidado em sua casa, um convidado que mudaria o seu destino para sempre.

Esse convidado era na realidade alguém com relação sanguínea bem próxima de Han Li. Era seu terceiro tio!

Era dito que seu Terceiro Tio era comerciante de um restaurante na cidade próxima. De acordo com seus pais, o Terceiro Tio era o homem mais capaz na família. Após algumas centenas de anos, a família Han finalmente produziu alguém como o Terceiro Tio, alguém com status e respeito inigualáveis na família.

Quando Han li era jovem, ele somente tinha conhecido seu Terceiro Tio algumas vezes. O irmão mais velho de Han Li se tornou aprendiz de ferreiro na cidade graças a indicação do Terceiro Tio. De vez enquanto, esse Terceiro Tio presenteava com comida aos seus parentes para trazer para casa e comer. Por conta dele cuidar da família de Han Li com grande consideração, Han Li tinha uma ótima impressão dele. Mesmo que seus pais nunca diziam nada, ele sabia que em seus corações, eles eram muito gratos.

O irmão mais velho de Han Li era o orgulho e alegria da família. Como um aprendiz de ferreiro, ele era capaz de trazer para casa 30 moedas de cobre todo mês, retirando despesas da vida. E quando ele finalmente graduasse de seu aprendizado, ele ganharia ainda mais dinheiro!

Toda vez que seus pais falavam de seu irmão mais velho, seus espíritos rugiam de orgulho. Embora Han Li fosse jovem, ele era tremendamente invejoso. O melhor trabalho que ele poderia encontrar era de aprendiz de um mestre artesanal e acreditar que seus artesanatos renderiam dinheiro.

Acendendo a fogueira em um canto fora da casa, ele foi à frente da casa para cumprimentar seu Terceiro Tio. “Terceiro Tio, Han Li o cumprimenta”. Após fazer isso, ele obedientemente ficou ao lado e ouviu seu Terceiro Tio conversar com seus pais.

Terceiro Tio olhou para Han Li enquanto abria sua boca, elogiando o sobrinho “Que criança sensata!” Após cumprimentar Han Li, ele voltou a sua atenção para os pais de Han Li e explicou os motivos de sua visita.

Embora Han Li não fosse capaz de entender completamente as palavras de seu Terceiro Tio por ser jovem demais, ele ainda quase entendeu o que ele disse.

Acabou sendo que o restaurante de seu terceiro tio tinha o apoio da Seita dos Sete Mistérios. Essa seita era dividida entre divisões exteriores e interiores. Há não muito tempo atrás, o Terceiro Tio foi oficialmente reconhecido como um discípulo exterior. Isso significava que ele poderia levar uma criança entre 7 e 12 anos para participar dos Exames para Discípulo interno.

A cada 5 anos, a Seta dos Sete Mistérios iria formalmente convidar jovens para fazer o teste de Discípulos Internos. O teste iria oficialmente começar no próximo mês. Terceiro Tio era um homem astuto e esperto que não tinha filhos, então ele naturalmente pensou em Han Li que tinha a idade necessária.

No momento que o usualmente dócil pai Han ouviu as palavras “Jiang Hu” e “Seita”, junto de outras frases que ele nunca havia escutado antes, ele se sentiu bem hesitante. Levando seu cachimbo aos lábios e dando uma tragada, ele sentou sem dizer uma palavra.

(N/R: “pai Han” é o título do pai de Han li)

De acordo com o Terceiro Tio, a Seita dos Sete Mistérios poderia ser considerada uma das melhores seitas em centenas de milhas.

Se alguém se tornar um discípulo interno, não seria apenas capaz de praticar artes marciais de graça, como também receberia uma mesada e teria suas necessidades cuidadas. Não apenas isso, aqueles que não passarem no Exame de Discípulo Interno ainda poderia entrar na divisão externa da seita e se tornar um discípulo como o Terceiro Tio. Eles ainda teriam a oportunidade de ajudar a Seita dos Sete Mistérios ao lidar com assuntos externos.

Ao ouvir a possibilidade de seu filho poder receber uma mesada e de até mesmo ter sucesso como seu Terceiro Tio, o pai de Han Li finalmente decidiu dar sua aprovação.

Após receber a aprovação do pai de Han Li, o Terceiro Tio sentiu alivio em seu coração. Deixou duas moedas de prata, e disse que voltaria em um mês para escoltar Han Li para a área de teste. Durante esse tempo, o pai de Han Li tinha de assegurar que Han Li estava vestido e bem alimentado para aumentar sua constituição para ser mais fácil dele passar no teste. Após dar essas instruções, o Terceiro Tio se despediu de Han Li e seu pai, afagou a cabeça de Han Li e saiu para a cidade.

Enquanto Han Li não havia compreendido completamente as palavras do Terceiro Tio, ele entendeu que seria capaz de ganhar dinheiro na cidade grande. Parece que seu sonho de antes se tornaria realidade, deixando-o tão excitado que ele mal podia dormir nas primeiras noites.

Após um mês ter passado, o Terceiro Tio voltou à vila, escoltando Han Li para o teste. Antes de sair, o pai de Han Li o instruiu repetidamente dos modos de se comportar.

Para ser honesto, tem de aguentar, e evitar conflitos desnecessários com outros. Enquanto isso, a mãe de Han Li incitou para ele cuidar de sua saúde, comer e dormir bem.

O dia finalmente chegou, e o Terceiro Tio veio para levar Han Li em sua carruagem. Enquanto seus pais gradualmente desapareciam de sua vista, Han Li mordeu seus lábios para prevenir que lágrimas caíssem de seus olhos.

Embora ele fosse mais maduro que outras crianças de sua idade, ele ainda era uma criança de dez anos. Essa foi a primeira vez que ele saiu de casa, então naturalmente ele sentiu-se triste. Uma saudade de casa nasceu em seu coração. Ele estava determinado a voltar para casa após ficar rico, e nunca mais se separar de seus pais.

Han Li nunca imaginaria que desse momento em diante dinheiro perderia qualquer significado para ele. Ele inesperadamente iria andar um caminho diferente dos mortais ordinários. Ao invés disso, ele iria trilhar seu próprio caminho para a Cultivação Imortal.