RMJI – CAPÍTULO 10: FRASCO MISTERIOSO

Tradução: Derow   |   Revisão: Derow

Han Li lentamente seguiu o caminho do Vale da Mão de Deus. Seus passos automaticamente o levaram em direção ao Pico da Cachoeira da Água Carmesim.

Ele não tinha nada de importante para fazer no momento e, como tal, ele seguiu seu horário normal e visitou Zhang Tie, que estava treinando no Pico da Cachoeira da Água Carmesim. Zhang Tie fez uma careta de dor, permitindo que o impacto da cachoeira temperasse seu corpo ao cultivar o Método do Elefante Blindado.

Nem todos puderam suportar a dor torturante ao cultivar essas artes marciais particulares. Mesmo a primeira camada já requeria que a pessoa sofresse uma dor excruciante. Para alcançar a nona camada, não exigiria que se cultivasse até o ponto de insanidade, perdendo sua pele no processo?

“Hmm, eu me pergunto se Zhang Tie já lamenta sua decisão anterior. A tortura excruciante que teve de suportar para praticar o Método do Elefante Blindado é impossível de imaginar,” pensou Han Li ao caminhar, enquanto, chutava descuidadamente as folhas e galhos caídos que estavam bloqueando seu caminho.

“Talvez depois de mais alguns dias, nós dois vamos implorar ao doutor Mo por outra habilidade de arte marcial para Zhang Tie para que ele não precise sofrer de uma dor excruciante toda vez que ele pratica.” Estando dentro de seus pensamentos tentando pensar em métodos para permitir que Zhang Tie escapasse desse torturante caminho de prática, Han Li lentamente saiu de seus pensamentos para olhar o mundo ao seu redor.

Han Li inclinou a cabeça enquanto olhava para a linha de árvores ao seu lado. Atualmente, o ano estava se aproximando dos estágios finais de outono. Os galhos das árvores estavam todos nus e desprovidos de folhas. Vários galhos e folhas mortas fizeram pequenos caminhos. Andar sobre elas era como andar em algodão. Han Li achou essa experiência extremamente confortável.

Nesse momento, os sons de armas colidindo flutuaram a partir de um pico de montanha nas proximidades, bem como vários gritos de apoio.

Depois de ouvir os ruídos, Han Li olhou na direção do pico da montanha, irritado que o bom humor dele tinha sido perturbado.

O ruído veio dos discípulos da Divisão das Cem Forjas. Eles estavam treinando os discípulos selecionados para se juntarem à sua divisão nas várias artes de armamento.

Toda vez que Han Li viu os outros membros da seita se reunindo e passando por suas sessões de treinamento, ligeiras sugestões de ciúmes surgiram em seu coração. Ele queria empunhar uma arma de verdade e demonstrar suas habilidades também. Que desperdício! Depois que ele se tornou oficialmente discípulo do doutor Mo, ele foi fortemente proibido de praticar tais coisas. O doutor Mo enfatizou fortemente que Han Li devia dedicar todo o seu tempo cântico misterioso sem nome.

Portanto, Han Li só podia olhar com olhos amplos e invejosos. Ocasionalmente, para coçar sua coceira, ele pegaria emprestado algumas armas de alguns dos outros discípulos da seita que estava em bons termos com e praticava com eles.

Quão útil foi a cultivar o cântico misterioso? Até agora, Han Li não tinha visto quaisquer efeitos positivos de seu constante cultivo. Os outros discípulos já fortaleceram seu corpo e dominaram técnicas impressionantes de artes marciais. Se o caminho das artes marciais fosse comparado a uma maratona, Han Li estava certo de que ele havia permanecido no ponto de partida e não havia avançado nem um pouco.

Mesmo Zhang Tie, que havia cultivado durante dois meses, teve algumas mudanças benéficas pelos seus esforços. Sua pele e seus músculos tornaram-se mais resistentes, e seu nível de força também era visivelmente maior do que antes.

No entanto, se o doutor Mo não tivesse aceitado Zhang Tie como um discípulo oficioso, ele não passaria no teste de discípulo oficioso há dois meses. Se ele não tivesse passado o teste, então ficar na montanha seria impossível, e muito menos enviar dinheiro para casa!

Se Zhang Tie não conseguisse cultivar outro método de arte marcial, seu caminho seria fechado para sempre.

Por um lado, Han Li estava resmungando sobre a injustiça de sua situação. Por outro lado, ele se assegurou de que, depois de passar pelo teste do doutor Mo, ele não seria expulso da Seita dos Sete Mistérios.

Han Li retraiu o olhar dos outros membros da seita, mas continuou a pensar nos comandos irritantes do doutor Mo. Distraído e com espírito baixo, olhou para as duas linhas de árvores ao longo da estrada enquanto as dores de desânimo o atingiam.

De repente, Han Li sugou um bocado de ar fresco, sua expressão facial ficou feia. Sem reflexo, ele se agachou e usou ambas as mãos para apertar firmemente o dedo grande do pé direito, rolando na grama. Uma explosão repentina e dolorosa pegou Han Li desprevenido. Seu rosto tornou-se um branco pálido enquanto ondas de dor ardente atacou seu pé direito.

Evidentemente, Han Li tinha chutado acidentalmente contra um objeto extremamente duro escondido nas pilhas de folhas.

Han Li arqueou seu corpo e usou as duas mãos para envolver seu pé. Depois que ele baixou a cabeça e tirou os sapatos, ele começou a soprar fortemente em seu dedo do pé ferido; enquanto seu cérebro inundava dor, ele estava preocupado com o fato do dedo inchado ter sido ferido até certo ponto que impactaria suas atividades do dia-a-dia.

Depois de um longo momento, Han Li ergueu o pescoço e olhou para baixo nas pilhas de folhas, tentando encontrar a pedra ímpia e covarde que o levou a ser ferido.

Casualmente as folhas caídas tinham a mesma cor amarela avermelhada. Eles dificultaram de encontrar o alvo que ele estava procurando.

Han Li enrugou a testa e examinou o chão antes de encontrar um galho de árvore um pouco longo e grosso. Segurando o galho, ele se levantou com cuidado.

Não desejando desistir, Han Li usou o galho em suas mãos e continuou a procurar nas pilhas de folhas.

Ah! Ele viu um objeto do tamanho de um punho.

Han Li parou momentaneamente e considerou o objeto à sua frente. O culpado, o objeto pecaminoso que causou lesões ao seu grande eu, na verdade teve a forma de um frasco alongado. A superfície estava manchada de lama, e sua cor original era impossível discernir. No geral, parecia extremamente comum.

Inicialmente, Han Li pensou que era um frasco comum, mas em suas mãos, o frasco era extraordinariamente pesado, seu peso muito diferente do de um frasco de porcelana normal.

Esse frasco poderia ser feito de ouro? Não é de admirar que causou tanta dor quando ele chutou. Mas… frascos de ouro eram raramente vistos…

Feito de ouro….? O interesse de Han Li por esta frasco atingiu o ápice quando ele esqueceu temporariamente as ondas de dor decorrentes em seu dedo do pé.

Quando Han Li limpou o excesso de lama, a cor original do frasco começou a se revelar. O frasco emanava um brilho verde brilhante, e havia padrões de folhas verdes inscritos em sua superfície. Na parte de cima do frasco, havia uma tampa que selava bem a boca do frasco.

Hmm, o interior poderia estar escondendo algo precioso? Han Li colocou o frasco perto da orelha e agitou suavemente a frasco, mas ele não sentiu nenhum movimento dentro frasco.

Não querendo desistir, Han Li colocou as mãos na tampa do frasco e tentou abri-lo. No entanto, não importa o quanto ele tentasse, era inútil.

A curiosidade estava ardendo em seu coração, e só quando ele estava prestes a usar outro método para abri-lo, a dor de seu pé de repente voltou novamente.

Droga! Ele tinha esquecido que o dedo do pé da perna direita tinha sido ferido depois de entrar em contato com o frasco de porcelana.

Olhando para sua lesão, parecia que não podia visitar Zhang Tie hoje. Han Li decidiu voltar para sua residência e aplicar algum remédio em seu dedo do pé ferido antes de tomar seu tempo para descobrir os segredos que esse misterioso frasco estava guardando.

Para evitar que o frasco fosse visto por outros, Han Li colocou-a dentro de sua roupa, independentemente de quão sujo estava o frasco. Voltando, ele ia mancando devagar para sua residência.