1


SG – CAPÍTULO 01:  SUPER GENE

Tradução: Pumpkin |   Revisão: Marina

Num córrego pedregoso em um vale, um jovem vestido de preto estava segurando um besouro preto com um brilho metálico, que parecia com o cruzamento entre um caranguejo e um besouro-hércules.

Segurando uma adaga na outra mão, o jovem homem cortou rapidamente as garras que ainda se contorciam, revelando a carne branca e macia.

Quase sem hesitação, o jovem ‘chupou’ a carne das garras, como se estivesse comendo um caranguejo, e a engoliu junto com pedaços maiores de carne dura.

[O besouro preto foi morto. Nenhuma alma de besta foi obtida. Coma a carne do besouro preto para ganhar aleatoriamente de zero a dez pontos de gene.]

[Carne de besouro preto comida. Zero pontos de gene obtido.]

Uma voz estranha soou na mente de Han Sen e alguns dados também apareceram.

Han Sen: Não evoluído.

Status: Nenhum

Vida útil: 200 Anos.

Requisito para a evolução: 100 pontos de gene.

Pontos de Gene obtidos: 79.

Almas de besta obtidas: Nenhuma.

“Eu comi mais de trinta besouros pretos consecutivos, e mesmo assim não tive um aumento nos genes, parece que eu comi tanta carne de besouros que não posso mais aumentar minha evolução física. Quando eu terminarei a primeira evolução e ganharei status?” Han Sen parecia frustrado.

Há mais de cem anos, a ciência e a tecnologia alcançaram um nível muito alto e os seres humanos finalmente dominaram a tecnologia de teletransporte. Chocantemente, quando eles tentarem, eles descobriram que não foram enviados de volta para o passado, nem para o futuro. Eles nem sequer viajaram para outro planeta. Um mundo completamente diferente estava no outro lado do canal de teletransporte espacial.

Um mundo que os seres humanos não conseguiam imaginar. Neste mundo, toda a ciência e tecnologia perdiam a sua função, uma metralhadora, neste mundo, não era nem mesmo mais útil do que uma faca de aço. Mísseis e armas nucleares não explodiam, eram apenas um monte de sucata. Nenhum equipamento mecânico ou eletrônico funcionava também.

Todos os tipos de criaturas horríveis habitavam este mundo. Os seres humanos, que costumavam ficar no topo da cadeira alimentar por causa de sua sabedoria e tecnologia, caíram para o fundo.

Mas, quando as pessoas tentaram matar certas criaturas relativamente fracas e comeram sua carne, eles ficaram surpresos ao descobrir que seus próprios corpos mudaram consideravelmente e evoluíram rapidamente de forma que a ciência não conseguia explicar.

O que deixou as pessoas agradavelmente surpreendidas foi que neste mundo, com a evolução do corpo a vida também aumentava, o que era uma notícia incrível para toda a humanidade.

No século seguinte, cada vez mais pessoas entraram neste mundo chamado de ‘Santuário de Deus’, familiarizando-se gradualmente com as regras deste mundo, caçando as criaturas e vendo seus próprios corpos evoluírem. Quanto maior o grau de evolução física, maior a vida útil. Teoricamente, se pudesse continuar evoluindo, seria possível viver para sempre.

Neste mundo, a ciência e a tecnologia tornaram-se completamente inúteis. As únicas coisas que poderiam ajudar os humanos eram as habilidades de luta mais primitivas. As antigas artes marciais, quase esquecidas na sociedade moderna, tinham um efeito inesperado aqui.

Todos os tipos de artes marciais foram re desenvolvidas, e depois de mais de 100 anos de desenvolvimento, novas escolas de artes marciais foram formadas e se tornaram proeminentes.

Além das antigas artes marciais, o Santuário de Deus oferecia outra ferramenta para melhorar os seres humanos, a alma de besta.

Ao matar uma criatura no Santuário de Deus, uma pessoa tinha a chance de obter a alma de besta da criatura. As almas de bestas tinham todos os tipos de formas e aparências. Algumas podiam ser convocadas para lutar pelos homens, e algumas apareciam na forma de armadura ou arma.

Além disso, algumas almas de bestas podiam até mesmo ajudar os humanos a evoluírem, afim de que eles possam assumir a forma de monstros impressionantes, pássaros mágicos que voavam entre o céu e a terra, ou insetos que perfuravam o subsolo.

Nem as artes marciais, nem as almas de bestas tinham algo a ver com Han Sen.

Até mesmo na sociedade moderna, ciência e tecnologia avançadas estavam nas mãos de apenas algumas pessoas.

Han Sen completou a educação obrigatória integrada e entrou no Santuário de Deus, quando completou 16 anos. O que ele aprendeu na escola não era mais do que o nível inicial das novas artes marciais que todos conheciam.

Quanto às almas de besta, elas eram tão caras que Han Sen não podia comprar nem a mais barata.

Sem artes marciais e almas de besta, ou até mesmo avançadas armas de metais produzidas pelo homem, Han Sen só era capaz de matar algumas criaturas de nível baixo para comer a carne e evoluir, além de estar tendo dificuldade no Santuário de Deus.

Mas quanto mais carne de criaturas de nível baixo ele comia, menos efeito de evolução ele ganhava. Três meses no Santuário de Deus e ele ainda não conseguiu completar a evolução física.

Han Sen tentou matar algumas criaturas mais poderosas, mas até mesmo a criatura primitiva mais fraca, a Besta de Dentes de Cobre, quase tirou sua vida. Ele teve que descansar por um mês, antes de retornar ao Santuário de Deus.

A essa altura, Han Sen comeu todos os tipos de criaturas comuns ao seu redor, e não ajudaria mais comer a carne. Se ele não se arriscasse a caçar criaturas de níveis mais avançados, ele nunca evoluiria.

Quando ele estava prestes a tentar matar uma Besta de Dentes de Cobre, Han Sen viu algo subindo das ondulações da angra.

(Angra: pequena baía ou enseada, geralmente com ampla abertura e junto a costas elevadas.)

Ele pensou anteriormente que era um besouro preto, mas notou imediatamente algo diferente. Todos os besouros pretos tiram conchas pretas, mas uma cor dourada e brilhante chamou a sua atenção.

Han Sen olhou para a criatura que saiu da água. Era mesmo um besouro preto, mas diferente dos normais por causa do seu corpo dourado ser tão grande quanto uma bola de basquete. Era como uma escultura esculpida em ouro, e seus olhos eram cristalinos, como gemas. Não parecia ser um ser vivo, a menos que fosse observado com cuidado.

“Por que esse besouro preto é tão estranho?” Han Sen olhou para o besouro preto-dourado.

Recentemente, ele havia matado inúmeros besouros pretos e sabia tudo sobre eles. A visão deles era pobre, mas a sua audição era muito sensível. Enquanto ele permanecesse quieto, mesmo nas proximidades, um besouro preto não notaria a sua presença.

Han Sen olhou para o besouro peculiar e, inesperadamente, o besouro avançou em sua direção.

Sem hesitação, quando o besouro preto-dourado rastejou para ao lado de Han Sen, ele pressionou para baixo a concha do besouro com uma mão e cortou rapidamente as articulações frágeis com a sua outra mão. Ele fez seis cortes perfeitos vertical e horizontalmente, a fim de remover as seis garras do besouro.

O besouro preto-dourado se contorceu e se virou de cabeça para baixo. Aproveitando essa oportunidade, Han Sen perfurou com sua adaga em uma marca branca no abdômen e a girou de uma maneira cortante. O besouro parou de se mover subitamente.

[Besouro Preto, criatura de Linhagem Sagrada foi morta. A alma de besta do besouro preto foi obtida. Coma a carne do Besouro preto de Linhagem Sagrada para ganhar aleatoriamente de zero a dez pontos de gene.]